É possível controlar o volume sem química?

Neste post, traremos dicas sobre como controlar o volume natural de seus cabelos sem a intervenção de produtos químicos que podem, ao invés de ajudar, apenas piorar a situação.

0

Há quem prefira cabelos volumosos, há quem gosta deles mais controlados. A verdade é que não há um consenso e, felizmente, a ditadura dos cabelos extremamente lisos ou “baixos” está caindo por terra.

Mas, para aquelas que querem fios mais controlados, a boa notícia é que esse efeito pode ser obtido sem o uso de química o que, invariavelmente, poderia piorar o estado dos cabelos ao invés de melhorar.

Antes de tudo, é importante frisar que volume nem sempre tem a ver com cabelos fartos, fios secos e desidratados podem (pasmem!) ficar até 20% mais volumosos.

Para explicar, recorremos a Física (argh): cabelos carregados negativamente (ânions) ficam mais volumosos por se repelirem (cargas iguais se repelem, lembra?). Certo, mas, o que é, exatamente, o tal volume?
O volume é o espaço ocupado pelos cabelos. Para muda-lo, é necessário mudar sua estrutura.

Cabelo volumoso

Por isso, quando meninas de cabelos cacheados os escovam, ficam com eles lisos: o cabelo molhado é alterado pela escova ao ser seco e tem sua estrutura temporariamente alterada.

Então, retirar o volume é fazer com que o cabelo não volte à sua estrutura anterior, o que só é obtido com o uso de progressivas.

Reduzir é mudar, mesmo que um pouco, o volume do cabelo que tenha sido alterado em razão de fatores externos. Assim, abaixo, citamos alguns tratamentos que, é importante salientar, balanceiam as cargas elétricas ao unirem os fios (cargas negativas + negativas se atraem), porém, NÃO RETIRAM os 20%.

Apenas os controlam e deixam os fios mais sedosos e hidratados. Até porque REDUZIR e RETIRAR são duas coisas diferentes, ok?

Nutrição semanal

Se cabelos ressecados tendem a ficar mais volumosos, hidratação neles. Hidratação a base de manteigas e óleos vegetais, como Karité e cacau, sendo nutritiva ou reconstrutora faz com que os fios fiquem mais comportados, o que potencializa o efeito é a base oleica desses produtos, “pesando” o cabelo.

Nutrição ou umectação semanal

Esta é feita com óleo vegetal, que proporciona alinhamento dos fios através do fechamento de suas cutículas, combatendo o ressecamento.

Resultado: cabelos menos volumosos e mais sedosos,a umectação dá certo com todos os tipos de óleo vegetal, mas, os mais recomendados são aqueles originados do abacate, coco, babosa ou, até mesmo, o azeite de oliva.

Cauterização ou blindagem térmica

Feitas logo após a reconstrução, no intervalo de 15 ou 30 dias, são processos distintos com efeito reconstrutor, porém, com maior potência que a reconstrução normal.

E quando é recomendável usar cada uma? Para cabelos cacheados, o ideal é a cauterização a frio, sem usar chapinha ou secador para finalizar. Também é excelente para fios danificados, elásticos ou emborrachados que, obviamente, não podem fazer uso de aquecimento.

Redutores de frizz

Finalizadores de óleo de argan ou silicone, protetores térmicos e produtos específicos para redução de frizz funcionam como “encapadores”, que reduzem o volume, protegem do secador/chapinha, além de facilitar a escovada e prolongar seu efeito.

Leave-in

Reduz o volume até a próxima lavagem, nesta categoria, são incluídos cremes de pentear a base de óleo, como coco, moringa e ojon, existem vários produtos muito bons no mercado, os fabricados por marcas como Vult.

Óleo vegetal após a escova

Pingue uma gota na palma da mão, esfregue e passe nos cabelos como reparador de pontas, o efeito é instantâneo, reduzindo o volume. Mas, cuidado: use essa pequena quantidade ou, do contrário, o produto dará um aspecto gorduroso, mesmo com o cabelo limpíssimo.

Esperamos que tenham gostado das dicas! Até a próxima!

É possível controlar o volume sem química?
Avalie este artigo

Você pode gostar

você pode gostar também