Reconstrução capilar com gelatina – como fazer?

Conheça os benefícios da gelatina para os cabelos, sua função na etapa de reconstrução capilar, além de receitas de como usar o produto em casa.

0

Você sabe o que é o cronograma capilar? Não? Calma, que vamos te explicar tudinho! O cronograma capilar funciona como se fosse uma agenda de tratamentos para o seu cabelo. O objetivo é proporcionar os três métodos mais importantes de cuidados com os fios repondo a massa capilar, nutrientes e umidade natural. Seguindo o procedimento certo, você vai perceber como seus fios ganharão mais vida e aspecto saudável.

Veja também: Cronograma capilar: você sabe montar o seu?

Basicamente, o cronograma capilar é composto por três tratamentos – hidratação (repõe água e umidade dos fios), nutrição (repõe gordura e oleosidade naturais) e reconstrução (repõe a massa capilar). A frequência de cada uma vai depender do estado de seu cabelo, assim como os produtos a serem utilizados.

Vamos focar, por enquanto, na reconstrução, cuja função é providenciar a reposição da queratina e massa dos fios. O produto mais aplicado nesta etapa do cronograma capilar é a máscara de queratina que vai devolver os aminoácidos e proteínas perdidos em tratamentos químicos ou pela ação das ferramentas de calor.

Gelatina nos cabelos

A reconstrução capilar vai criar uma capa protetora dos fios que, devido ao excesso de química, ficam mais finos. Assim, é possível devolver todos os nutrientes e massa perdidos, fazendo com que os cabelos fiquem mais fortes e saudáveis. Além da máscara, outro produto muito utilizado é a queratina líquida.

Mas, sabe um ingrediente caseiro que é muito, mas muito eficiente na reconstrução capilar? A gelatina incolor! Barata, a gelatina é excelente para devolver a massa e resistência ao fio, deixando seus cabelos muito mais fortes. E o melhor, a reconstrução com gelatina pode ser feita aí, na sua casa, e em qualquer tipo de cabelo. Vamos saber um pouco mais?

Gelatina sem sabor

Benefícios da gelatina para os cabelos

A gelatina é rica em colágeno, substância que contém proteína e é formada por aminoácidos. Com isso, o produto forma uma espécie de película em torno dos fios, deixando-os mais fortes e protegidos. Como resultado, você vai ganhar madeixas macias e muito brilhantes!

Para quem a gelatina incolor é recomendada?

A reconstrução com gelatina incolor é recomendada para todos os tipos de cabelo, desde que uma vez por semana. Isso porque tanto o colágeno quanto o açúcar contidos na fórmula recuperam o brilho dos fios danificados, devolvendo a elasticidade e deixando as madeixas alinhadas.

Outra grande vantagem é que os dois estimulam o crescimento dos cabelos, o que é ótimo para quem tem, inclusive, os cabelos cacheados e sonham com comprimentos maiores. Para as loiras, é mandatório usar gelatina incolor, pois a comestível colorida pode manchar os fios.

Como fazer reconstrução capilar com gelatina – receita de reconstrução com gelatina

Antes de dar o passo a passo de como fazer a reconstrução capilar com gelatina, é preciso dar um aviso. Esta etapa do cronograma capilar é rica em queratina e colágeno tendo como objetivo repor a massa dos fios, certo? Porém, usar em excesso torna-se um problema e, ao invés de sedosos, os cabelos ganham aspecto opaco e até quebradiço.

Então, o ideal é aplicar o tratamento no máximo duas vezes na semana, ok? Ah, e deixando pelo tempo de 30 minutos. Bom, recomendação dada, vamos ao que interessa, não é mesmo? Acompanhe com a gente e veja como é fácil fazer uma reconstrução capilar com gelatina em casa.

  • Primeiro, dissolva duas colheres de gelatina incolor em 100ml de água morna
  • Adicione duas colheres da máscara reconstrutora e misture até ficar homogêneo
  • Leve os cabelos apenas com shampoo
  • Aplique a mistura mecha a mecha deixando agir por 20 minutos
  • Enxágue e finalize, sem usar o condicionador

Veja também: Hidratação com gelatina

Você pode gostar
você pode gostar também
Deixe um comentário

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More