Os principais tipos de escovas alisadoras

Descubra as diferenças e particularidades das principais escovas alisadoras presentes no mercado e escolha a mais indicada para seu cabelo.

0

Escolher a melhor técnica para manter o cabelo sempre liso é um dilema enfrentado por muitas mulheres. Algumas preferem apostar na escova alisadora e deixar o cabelo natural de lado por um tempo na busca por um cabelo alisado. O objetivo é obter mais rapidez e praticidade na hora de arrumar as madeixas.

Nesse caminho, elas acabam se deparando com técnicas, produtos e pessoas não muito confiáveis para essa tarefa. Buscando auxiliar quem deseja conhecer os diferentes tipos de escovas alisadoras disponíveis no mercado, preparamos algumas explicações sobre o tema.

Cuidados

O primeiro cuidado é garantir que o produto utilizado está dentro das normas da Vigilância Sanitária e da Anvisa. Por se tratar de uma substância de fácil absorção pelas mucosas, a presença do formol foi proibida pelos órgãos governamentais de estar presente na composição de qualquer produto para alisamento.

O formol pode causar intoxicação, irritações na pele e no couro cabeludo, problemas respiratórios e até câncer, dependendo do contato.

Além do formol, outras substâncias também podem provocar alergias, por isso é indispensável que o cabeleireiro realize com antecedência um teste com o produto que pretende utilizar, seja lá qual for. Basta aplicar uma pequena quantidade em uma mecha na parte detrás do cabelo.

Também é preciso tomar cuidado com os produtos químicos previamente usados nos fios. O cabeleireiro deve ser informado para que não misture substâncias que “não combinam”. Por exemplo: misturar hidróxido de sódio amônia, tioglicolato e guanidina pode causar a quebra dos fios, levando até mesmo ao corte químico.

Principais tipos de escova alisadora

Garantindo todo o cuidado necessário para alisar o cabelo, é hora de optar por um tipo de escova. E o que não falta são opções no mercado: progressiva, definitiva, de chocolate, marroquina, entre outras. Falaremos agora sobre os principais métodos, explicando direitinho como funciona cada uma.

  1. Progressiva

O nome já diz tudo: a cada aplicação o resultado tende a progredir. A escova progressiva auxilia na redução do volume em cabelos muito cacheados ou afro, mas não alisa na primeira aplicação. Por ser confundida com a escova definitiva, muitas mulheres esperam um liso perfeito logo na primeira vez, o que não é caso.

A aplicação do produto leva cerca de duas a três horas. Após a aplicação, a escova progressiva dura cerca de três meses, entre 30 e 40 lavagens. Ou seja: quando o crescimento da raiz do cabelo se inicia.

Antes: alguns cuidados devem ser tomados antes da aplicação da escova, como no caso de quem tinge o cabelo. A tinta deve ser aplicada no mínimo 15 dias antes da aplicação da progressiva.

Se os fios estiverem muito danificados, é indicado proceder uma reconstrução e recuperação antes da progressiva. Para isso, é recomendável procurar um cabeleireiro profissional que analise cada caso e não deixe a saúde do cabelo em risco.

Depois: não se deve prender, enrolar, molhar e de forma alguma lavar o cabelo nos dois ou três primeiros dias após o alisamento.Depois desse período, a lavagem deve ser feita dia sim dia não, aumentando a durabilidade do efeito. O retoque da progressiva deve ser feito de três em três meses.

Quanto ao shampoo, a melhor opção são os shampoos com pH baixo ou da mesma marca fabricante do produto utilizado na progressiva. Já os shampoos para cabelos danificados, anti frizz e principalmente os anti-resíduos não são indicados, já que removem o produto dos fios com mais rapidez.

Na hora de utilizar o secador, é sempre importante lembrar do protetor térmico, que funciona como uma espécie de barreira protetora para os fios. Também é bom abusar das hidratações, seja em casa ou com produtos profissionais no salão de beleza. Em casa, as hidratações devem ser feitas no mínimo uma vez por semana.

  1. Definitiva

Esse tipo de escova alisadora também é conhecido como ou alisamento japonês. O resultado final da definitiva é um cabelo liso que não perde o efeito após as lavagens, e dura até que os fios cresçam novamente.

Ela é conhecida por ter uma durabilidade maior, já que transforma a estrutura do fio e tem durabilidade de cerca de seis meses. A aplicação da escova definitiva leva de três a quatro horas, e demanda um cabelo saudável e um profissional capacitado.

Antes: é indispensável a realização do teste para detectar alergias, o que pode ser feito com a aplicação em uma mecha fina da parte detrás do cabelo.

Além disso, os fios devem estar saudáveis e aptos a resistirem à química, o que deve ser atestado por um cabeleireiro. Caso seja necessário, é indicada a realização de uma hidratação intensa antes da aplicação do produto.

Para cabelos crespos, é recomendada a realização de um relaxamento antes da escova definitiva, já que, de acordo com o crescimento dos fios, a raiz vai ficando bem diferente em relação ao comprimento. O último cuidado diz respeito ao tipo de chapinha a ser usada durante a aplicação da definitiva: o objeto deve ser de porcelana e não de metal.

Depois: basicamente, os cuidados a serem tomados depois da aplicação da escova definitiva são os mesmos da escova progressiva. Por outro lado, o retoque da definitiva pode ser feito de 4 a 6 meses após cada aplicação.

  1. Inteligente

A escova inteligente utiliza o mesmo método que a escova progressiva, mas com a diferença de que os cabelos podem ser lavados o mesmo dia da aplicação. Em alguns lugares, o tratamento é conhecido com escova alemã.

O produto tem propriedades muito hidratantes, que promovem um efeito natural ao cabelo alisado. Com essa escova, o volume do cabelo é reduzido e os fios são fortalecidos e revitalizados.

Conforme a marca escolhida, sua composição é feita por queratina e componente para alisar. Para cabelos lisos o resultado são fios mais brilhantes e com aspecto natural, enquanto para cabelos cresposo resultado são belos cachos.

A aplicação da escova inteligente leva cerca de duas horas, e o produto tem durabilidade média de dois a três meses.

  1. Marroquina

O que diferencia a escova marroquina das demais é a utilização de um neutralizador, umproduto impede que a química continue provocando estragos nos fios. Por isso, é permitido lavar os cabelos no dia seguinte à aplicação do alisamento e até prendê-lo no mesmo dia.

A escova marroquina possui em sua fórmula compostos com argila e cacau (por isso o cheirinho de baunilha), além de queratina, proteína de seda, entre outros. A aplicação desse tipo de alisamento leva cerca de três horas, e sua durabilidade é de até três meses.

  1. Chocolate

O resultado após a aplicação da escova de chocolate também varia conforme o tipo de cabelo. Cabelos lisos diminuem o volume e ganham um aspecto mais brilhoso e hidratado, enquanto cabelos ondulados se tornam totalmente lisos. No caso de cabelos crespos ou afro, o efeito final é um fio mais definido e comportado.

Após aplicar a escova de chocolate, não é recomendado prender ou lavar o cabelo pelo prazo de dois a três dias. Isso podem marcar e até retirar o produto dos fios. Outra sugestão é investir em uma cauterização por mês.

Uma das caraterísticas desse tipo de alisamento em relação a outros tipos é, em geral, um cabelo com aspecto mais natural. A aplicação do produto leva por volta de duas horas, e dura em média três meses.

  1. Morango

Esse tipo de alisamento é indicado para quem deseja controlar o volume, diminuir o frizz e deixar os fios mais brilhosos e com movimento. Por possuir alto teor de vitamina C, o morango é uma boa sugestão para cabelos ondulados, rebeldes e com muito volume.

Com um resultado relativamente mais leve do que a escova de chocolate, a escova de morango leva cerca de duas horas para ser aplicada. Já sua duração é de aproximadamente três meses.

O produto também demanda o cuidado após ser aplicado: não se deve prender ou lavar o cabelo nos primeiros dois a três dias (assim como alguns outros já citados).

As dicas de hoje foram pensadas especialmente para quem deseja encontrar a escova alisadora perfeita para seu tipo de cabelo, garantindo o resultado desejado após a aplicação.

Veja também: Meu Cabelo Ficou Oleoso Depois Do Alisamento É Normal?

 

Os principais tipos de escovas alisadoras
Avalie este artigo

Você pode gostar

você pode gostar também