Crescimento que vem de dentro

Neste post, trazemos uma lista de alimentos que, além de fazer bem à saúde, auxilia no crescimento dos cabelos.

0

Falamos, bastante, sobre produtos que auxiliam no processo de crescimento dos cabelos, como medicamentos, óleos, dentre outros. Porém, hoje, trazemos algo diferente.

Diferente e mais simples, porém, duplamente eficiente: alimentos que auxiliam no crescimento dos fios e, ainda, fazem super bem para o organismo, como fonte de vitaminas para fortalecimento da pele e unhas.

Além disso, auxiliam no combate a queda, repondo as vitaminas essenciais para o fortalecimento dos cabelos. Até porque a vitalidade dos cabelos é um sinal visível de como anda nossa saúde.

As células capilares demandam de fornecimento regular de nutrientes que permitem que elas permaneçam fortes, sem interromper sua renovação. E o verdadeiro segredo está na alimentação.

Antes de conhecer os alimentos, é importante algum esclarecimento cientifico. Os cabelos são compostos por uma proteína chamada queratina, que também compõe unhas e a camada externa protetora da pele.

Os cabelos são formados por três camadas: a cutícula (exterior, fina e incolor, que atua na proteção), córtex (mediana, onde está depositada a melanina, que dá cor ao cabelo, além de determinar o formato dos fios) e medula (interna, responsável pela distribuição dos nutrientes).

A queda dos cabelos se dá por motivos internos e externos. Inclusive, é um ciclo natural. Mas, quando se dá em excesso, torna-se preocupante. Um dos fatores externos é, justamente, a dieta.

O consumo inadequado de nutrientes pode ocasionar a queda por carência de elementos. Por isso, trazemos uma lista eficiente de alimentos que podem contribuir para o crescimento e evitar a queda dos fios.

Alimento para crescer cabelo

  1. Laranja

Assim como outros alimentos ricos em vitamina C, a laranja auxilia na absorção do ferro, além de ser um antioxidante de fácil absorção pelo organismo.

A vitamina C ajuda, ainda, na produção de colágeno, que fortalece os vasos capilares para abastecimento dos fios com nutrientes e oxigênio. Além da laranja, estão nesse grupo a groselha, brócolis, mirtilo, kiwi, goiaba, batata-doce, morango e mamão.

A laranja também é rica em ácido fólico, potássio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, pectina, fibras e flavonoides, o que aumenta seu poder nutritivo.

  1. Ovo

Figura fácil nas receitas de hidratação, o ovo é rico em vitaminas dos complexos A (efeito oxidante) e D, zinco, magnésio, selênio, biotina e minerais antioxidantes, além de proteína. Esses componentes têm papéis específicos na formação dos fios e manutenção da saúde dos cabelos, evitando sua queda.

  1. Ostra

Tem muita gente que torce o nariz para as ostras, mas, a verdade é que seus benefícios são bem maiores do que seu aspecto, digamos, desagradável. As ostras são fontes de reserva mineral (como o zinco), vitaminas (C, D e B12) e compostos orgânicos. Também são ricas em cobre, manganês, proteínas, selênio, fósforo, sódio e potássio.

Mas, o componente que se destaca é o zinco. A concentração desse mineral nas ostras é gigante, correspondendo a mais de 1500% das necessidades diárias. Como o preço das ostras não é tão baixo, o zinco também pode ser encontrado em frutos do mar (lagosta, caranguejo), cereais enriquecidos e carne bovina.

  1. Pimentão amarelo

Pense na concentração de vitamina C presente na laranja. Agora, multiplique por cinco, correspondendo a 200% da quantidade mínima necessária à nossa dieta. Essa é a concentração presente da vitamina no pimentão amarelo, responsável pelo reforço aos folículos pilosos e hastes do cabelo, além de impedir a quebra dos fios.

  1. Lentilha

A lentilha, assim como a soja, são fontes de ferro, proteínas e vitaminas do Complexo B (folato e niacitina). Esses elementos são imprescindíveis para manter a estabilidade e crescimento dos cabelos ao transportar oxigênio para os folículos capilares.

  1. Amêndoas

As amêndoas auxiliam no crescimento dos fios ao possuir alto teor de biotina, vitamina do Complexo B usada no combate à queda. Além disso, também contém potássio, ácido fólico, magnésio, niacina, proteínas, fósforo e vitamina E.

Como se não bastasse, as amêndoas também contêm gordura monossaturada, cuja contribuição para o colesterol, circulação, redução dos radicais livres, nutrição, restauração e tonificação é significativa.
A recomendação de consumo é de quatro nozes por dia.

  1. Castanha do Pará

Além de deliciosa, a castanha do Pará é rica em nutrientes como Vitaminas dos complexos E e B, fibras, proteínas, cálcio, magnésio e fósforo. Porém, o destaque vai mesmo para o selênio, mineral de poder antioxidante. A recomendação de consumo é de duas castanhas por dia.

  1. Abacate

As contribuições do abacate são de conhecimento milenar e, não à toa, é ingrediente fácil em grande parte de receitas caseiras para hidratação.

O fruto contém alta concentração de vitaminas dos Complexos B (essencial para o crescimento do cabelo), A e E (ajuda a reparar danos ao couro cabeludo), proteínas, cálcios, ferro, potássio, magnésio e ácidos graxos essenciais, que funcionam em nível celular para proteger e fortalecer os fios. Também é sabido o potencial calórico da fruta, caloria essa rica em ácido oleico, conhecido como a “gordura boa”.

  1. Cereais

Todos os cereais são boas fontes de vitaminas, hidratos de carbono complexos e minerais, além de conterem pouca quantidade de gordura. Além disso, são excelentes no fornecimento de fibra, magnésio, potássio e selênio.

  1. Salmão

Todo mundo conhece a recomendação médica do salmão para evitar problemas cardíacos. Isso é devido à presença do Ômega-3, gordura saudável que não é produzida pelo nosso organismo, ou seja, precisa ser absorvida por alimentos ou suplementos. Esse elemento ajuda no crescimento dos cabelos, além de mantê-los brilhantes e saudáveis.

  1. Iogurte grego

Queridinho das dietas saudáveis, o iogurte grego é rico em proteínas, que se constitui como a base de construção dos fios capilares. Além disso, contém Vitamina B5, ou ácido pantotênico, que estimula o fluxo sanguíneo para o couro cabeludo, impedindo a queda e auxiliando no crescimento.

Por isso, é comum a adição do ácido pantotênicoà produtos de pele e cabelo, porém, é mais saudável ingeri-lo através do iogurte.

  1. Sementes de girassol

Contêm alta concentração de vitamina E, que melhora o fluxo sanguíneo para o couro cabeludo, ou seja, ajudam os cabelos a crescer mais depressa.

  1. Espinafre

É, o Popeye é careca por um azar porque o espinafre contém nutrientes essenciais para a hidratação e impedimento da queda dos fios. Além disso, é rico em ferro, vitamina A e C, ácido fólico e betacaroteno que, juntos, mantêm o couro cabeludo mais saudável, além de fertilizar o nascimento de novos fios.

  1. Carnes magras

Como todo mundo sabe, o cabelo é constituído por proteínas e poucas fontes são tão ricas no fornecimento desse nutriente como as carnes. O melhor é o consumo através das carnes magras, como frango e peru, que apresentam menor quantidade de gordura saturada que as carnes suína e bovina.

  1. Vegetais folhosos

Agrião, couve e acelga são fontes do metilsulfonilmetano, forma orgânica do enxofre. Certo, e qual a importância do enxofre para os cabelos? Esse elemento é importantíssimo para a saúde, não só dos cabelos, mas, também, da pele e unhas. Para os fios, ajuda a nutrir e aumentar sua espessura, promovendo seu crescimento em razão do fornecimento de colágeno e queratina, bem como a circulação sanguínea.

  1. Batata doce

Alimento sempre presente no prato da galera fitness, a batata doce é rica em betacaroteno, antioxidante transformado em vitamina A assim que ingerido pelo organismo. Essa vitamina age contra o ressecamento dos cabelos ao estimular a produção de sebo pelo couro cabeludo.

Além da batata doce, o betacaroteno pode ser encontrado em vegetais de cor laranja, como abóbora, manga, cenoura e melão, ou seja, são alimentos que também ajuda no crescimento dos cabelos.

Bom, meninas, é isso! Lembrem-se que, os cabelos são o espelho do organismo, portanto, cuidem-se bem para refletir nos fios!

Beijos e até a próxima!

Veja também:

 

Crescimento que vem de dentro
Avalie este artigo

você pode gostar também