Óleo de Rícino – Benefícios para cabelos e corpo e como usar

Hidratar os cabelos, combater a acne e auxiliar no crescimento das unhas são alguns dos benefícios que o óleo de rícino pode trazer para a beleza.

0

Antigamente, o óleo de rícino era conhecido por ser um poderoso laxante. Contudo, com o passar dos anos, acabou se tornando famoso por trazer diversos benefícios aos cabelos, pele, unhas e até para a barba.

O óleo de rícino é extraído da mamona, sendo também chamado de óleo de mamona. Essa fruta tem um componente tóxico, a rícina, mas que não se mistura ao óleo, por isso o seu uso é completamente seguro. Além disso, esse produto pode ser encontrado pelo seu nome em inglês: castor oil.

Os principais componentes do óleo de rícino são ácidos graxos, especialmente o ácido ricinoleico, que é encontrado somente na mamona. Outros ácidos que também estão presentes no óleo de rícino são o oleico (parcela do ômega 9), o linoleico e o linolênico (parcelas do ômega 6), o palmítico e o esteárico, além de vários sais minerais e vitamina E.

Benefícios do óleo de rícino para os cabelos

Com tantos nutrientes, o óleo de rícino pode ser usado no couro cabeludo para diversas funções, como hidratação e limpeza. Conheça alguns dos benefícios do óleo de rícino para os seus cabelos:

Crescimento de fios mais fortes

Por conter ômega 6 e 9, o óleo de rícino pode aumentar o volume do fio de cabelo. Esses componentes estimulam os folículos pilosos, onde os fios nascem, fazendo com que o cabelo seja fortalecido.

Os ácidos graxos também melhoram o aspecto do fio, já que selam as cutículas, o que dá uma aparências mais brilhante e sedosa para os cabelos.

Hidratação do cabelo

Os diversos ácidos graxos presentes no óleo de rícino podem agir na hidratação dos fios ressecados. Isso acontece porque esses nutrientes formam uma película que impede a perda de água dos cabelos para o ambiente. Dessa forma, o óleo de rícino também pode prevenir a descamação do couro cabeludo.

Excesso de oleosidade

Além da hidratação, o óleo de rícino também pode ser um poderoso limpador que pode ajudar a controlar a oleosidade dos fios, principalmente quando for causa por bactérias e fungos. Em muitas ocasiões, são esses seres microscópicos que acabam incentivando a produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas, o que prejudica os cabelos.

No entanto, quando utilizado com esse objetivo, o óleo de rícino não deve ser utilizado por muito tempo no couro cabeludo. Ele deve ser aplicado no começo do banho e retirado completamente com o shampoo para ser eficaz para retirar a oleosidade.

Combate à caspa

O óleo de rícino possui diversas propriedades antifúngicas, ou seja, que podem agir na limpeza do couro cabeludo contra um fungo bem comum: a caspa. No entanto, esse problema pode não ser resolvido apenas pelo óleo, sendo necessário também o acompanhamento de um dermatologista.

Queda de cabelo

Como a queda de cabelo pode acontecer por diversas razões, o óleo de rícino não é o mais indicado para tratar desse problema. Esse óleo é eficiente somente nos casos de queda em que os fios caem antes do que deveriam (eflúvio telógeno), já que ele estimula que os fios voltem a crescer (fase anágena).

Como usar óleo de rícino no cabelo?

O ideal é misturar uma colher de óleo de rícino a um pote de 200 ml de condicionador ou creme capilar. A mistura deve ser aplicada nos fios durante o banho por apenas um minuto. Em seguida, o óleo de rícino deve ser bem retirado, para não deixar resíduos nos fios.

Benefícios do óleo de rícino para a pele

Além dos cabelos, o óleo de rícino pode trazer benefícios para a pele do rosto e do corpo. Confira quais são:

Pele ressecada

Para quem possui a pele mais ressecada, o óleo de rícino pode ajudar com a hidratação. Assim como nos cabelos, os ácidos graxos atuam na pele para evitar a perda de água. Por isso, a pele fica mais hidratada e com menos rugas.

Combate acne

Geralmente quem tem pele oleosa escapa de produtos em óleo, mas o diferencial do óleo de rícino é ser pouco comedogênico. Dessa forma, ele não causa acne, podendo ser usado para a hidratação de peles oleosas.

Ação cicatrizante 

Por causa da vitamina E, o óleo de rícino é um cicatrizante natural muito eficaz para estrias recentes, que possuem o aspecto mais avermelhado. O óleo também pode ser um ótimo produto pós-sol, especialmente quando existem queimaduras solares.

Como usar óleo de rícino na pele?

Assim como outros óleos naturais, o uso de óleo de rícino puro diretamente na pele não é indicado. Para ser aplicado na pele, o óleo deve ser misturado em um creme hidratante, na proporção de uma colher de sopa para cada 200 ml de creme.

Uma coisa que pode potencializar os efeitos do óleo de rícino na pele é aplicá-lo após banhos de água morna, que ajudam a abrir os poros para maior adesão das moléculas do óleo.

Benefícios do óleo de rícino nas unhas

Nas unhas, o óleo de rícino pode ser muito eficiente para hidratação das cutículas. Dessa forma, as cutículas protegem melhor as unhas, auxiliando no crescimento. O óleo de rícino também pode ajudar no fortalecimento de unhas quebradiças.

Como usar óleo de rícino nas unhas?

O óleo de rícino pode ser aplicado puro nas unhas, sempre com atenção para não aplicar grandes quantidades na pele ao redor. Ele pode ficar nas unhas por cerca de uma hora, preferencialmente logo antes de fazê-las em casa ou na manicure.

Benefícios do óleo de rícino nas sobrancelhas e cílios

Existem muitos relatos de que os benefícios que o óleo de rícino traz para os cabelos também são válidos para sobrancelhas e cílios. Por sua capacidade de fortalecer o fio, o óleo de rícino pode engrossar os fios e dar a impressão de sobrancelhas e cílios mais numerosos.

No entanto, o uso nos cílios deve ser acompanhado por um dermatologista, já que ainda não é comprovado se o óleo de rícino pode ser utilizado na área dos olhos.

Como usar óleo de rícino nas sobrancelhas?

O óleo de rícino pode ser aplicado nas sobrancelhas com o auxílio de uma escovinha de rímel, tanto nova como usada e adequadamente higienizada. O ideal é aplicar uma pequena quantidade do óleo nas sobrancelhas antes de dormir e deixar agindo durante a noite. O único cuidado necessário é o de colocar uma toalha no travesseiro para evitar manchas.

Benefícios do óleo de rícino na barba

O óleo de rícino também pode ser um grande aliado para os homens que usam barba. O produto pode estimular o crescimento de pelos mais grossos para dar a impressão de uma barba mais cheia.

Como usar óleo de rícino na barba?

Para obter esses benefícios, é necessário apenas massagear o óleo de rícino na pele do queixo. Em seguida, é só retirar o óleo no banho ou deixar agindo durante a noite, tomando cuidado apenas para não manchar a roupa de cama.

Veja mais:

Você pode gostar
você pode gostar também