Você sabia que açucar demais resseca a pele?

Dermatologista explica as diversas consequências que o açucar em excesso causam a nossa pele, entre elas o ressecamento e rachaduras.

0

O açucar é algo que faz parte do nosso dia a dia, o ingrediente que deixa tudo mais gostoso acaba se tornando um vilão quando está em excesso. O alto consumo de doces e carboidratos favorece o desenvolvimento de doenças como a obesidade e a diabetes.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o Brasil está em quarto lugar no Ranking de país com maior consumo do ingrediente no mundo. O nível recomendado de consumo tendo em média uma dieta de 2 mil calorias – é entre 25g e 50g por dia, porém, a média de consumo do povo brasileiro é de aproximadamente 80g diárias.

Além das doenças já mencionadas, que o açucar em excesso pode causar, o excesso de glicose também pode trazer grandes prejuízos para a saúde da pele.

A Dra. Adriana Vilarinho, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD), explica “Quando os níveis de glicose (açúcar) no sangue são elevados podem ocorrer danos na pele. Por isso que, nos diabéticos, o ressecamento ocorre com muita frequência.

O corpo reage tentando eliminar o excesso de açúcar através da urina e quanto mais vezes a pessoa urinar, mais líquido ela perde, levando à desidratação e causando – entre outros sintomas – esse ressecamento”.

A desidratação corporal pode causar diversas anormalidades na pele, entre elas as descamações e rachaduras. Além disso, a pele fica mais vulnerável às infecções, uma vez que a camada protetora fica prejudicada.

Os diabéticos precisam de um cuidado ainda maior principalmente nos dias frios, onde a pele normalmente costuma ficar mais ressecada. A Dermatologista alerta para o consumo de bastante água, para que o corpo fique bem hidratado internamente. O uso de sabonetes e shampoos neutros. Evitar a exposição a ventos e banhos muito quentes e recorrer sempre ao uso de bons hidratantes corporais e faciais.

“Manter a pele sempre limpa, seca e bem hidratada. Observar cuidadosamente toda a pele e o surgimento de qualquer anormalidade, também é regra de ouro para diabéticos, já que, muitas vezes, as lesões são pontos suscetíveis a bactérias que podem causar infecções”, complementa a Dra. Adriana Vilarinho.

você pode gostar também
Deixe um comentário

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More