Mais força para seus cabelos? Tutano neles!

Propriedades e benefícios do tutano, presente nas máscaras capilares de diversas marcas, seja vegetal ou animal.

0

Não é de hoje que temos falado nos poderes de ingredientes naturais para hidratação, recuperação e fortalecimento dos cabelos, certo? E, hoje, chegamos com outra dica, talvez até já conhecida, o tutano! Rico em colágeno, pode ser de origem animal (ossos do boi) ou vegetal (seiva de bambu), como veremos a seguir!

O tutano, também conhecido como mocotó, é rico em colágeno, proteína, carboidratos e propriedades hidratantes. Ao seu usado nos cabelos, auxilia na reconstrução, hidratação e fortalecimento dos fios.

Além da distribuição da oleosidade natural, o que traz brilho e maciez, tornando seus fios ainda mais sedosos. Isso tudo devido ao poder de reposição lipídica, que modela e, também, tira o frizz.

Pode ter origem animal, extraído na gelatina presente no interior dos ossos do boi, ou vegetal, sendo, nesse caso, obtido através da extração da seiva de bambu. O tutano animal tem propriedades condicionantes, hidratantes e selam as cutículas capilares.

O vegetal, rico em proteínas, carboidratos e sais mineiras, atua na restauração e nutrição da fibra capilar. Há quem diga que chega a ser mais eficiente que o animal
Tutano nos cabelos

O tutano, na verdade, já é velho conhecido das mulheres. Antigamente, elas derretiam o tutano animal para, depois, misturá-lo à suas máscaras de hidratação.

Hoje, as máscaras já o têm como ingredientes de seus produtos, sendo largamente vendido por marcas famosas do mercado de estética.

Hoje, pode ser usado tanto como máscara quanto na forma de óleo. Na primeira, o objetivo é nutrir os cabelos, enquanto a segunda, age como umectante. Os processos podem ser feitos duas vezes por semana, mas, de forma separada, como descrevemos a seguir:

  1. Umectação com óleo de tutano

Para fazê-lo, basta aplicar o óleo puro nos fios, estejam eles sujos ou limpos. Massageie bem, mecha a mecha, em toda a sua extensão. O óleo precisa agir por 2 horas até poder ser lavado com shampoo até sair por completo. Depois, é só finalizar com condicionador.

Tutano óleo

  1. Nutrição com a máscara de tutano

Aqui, o cabelo precisa estar lavado (apenas com shampoo) e úmido (sem o excesso de água). Aplique a máscara, também mecha por mecha, mas, sem colocar na raiz. O tempo de ação é de 30 minutos para, depois, ser enxaguada. Finalize com condicionador ou como preferir.

Tutano mascara

O uso do tutano é muito recomendável para quem está com os fios danificados após procedimentos químicos, como luzes, mechas, progressivas ou alisamento. Também recupera cabelos com aspecto elástico ou quebradiço.

Caso opte pelo tutano natural (o que algumas meninas fazem), mantenha-o dentro da geladeira por até 6 meses. Mas, lembre-se de que o estado natural do tutano é sólido, portanto, precisará derreter em banho-maria ou no micro-ondas sempre que utilizar.

Algumas meninas afirmam ter percebido maior resultado com a umectação outras, com a hidratação. O único cuidado dispensado é para quem tiver o cabelo mais oleoso, ok?

Esperamos que tenham gostado das dicas! Até a próxima, meninas!

Veja também: Como Fazer Umectação Com Azeite De Oliva

Você pode gostar
você pode gostar também