Limpeza de pele – Benefícios e passo a passo da limpeza de pele

A pele entra em contato com muitas impurezas todos os dias, fazendo com que a limpeza de pele seja necessária. Confira o passo a passo da limpeza de pele.

0

No dia a dia, a pele absorve muitas impurezas e produz muito óleo, que se acumula nos poros e forma cravos e espinhas. Mesmo com a limpeza diária, essa sujeira não é retirada das camadas mais profundas da pele, fazendo com que a limpeza de pele seja necessária.

Esse procedimento estético é feito em clínicas e consultórios e visa remover as impurezas da pele, bem como a acne. Além disso, uma limpeza de pele profunda também remove o milium, que são pequenos cistos formados pelo acúmulo de óleo e pele nos poros.

Benefícios da limpeza de pele

As principais vantagens da limpeza de pele são:

  • Remoção de cravos abertos e fechados;
  • Remoção de miliuns e células mortas;
  • Pode ser realizada em todos os tipos de pele e em diferentes partes do corpo;
  • Melhora no equilíbrio da pele;
  • Deixa a pele com aspecto macio e saudável.

Por mais que muitas pessoas façam esse procedimento em casa, todos esses efeitos só poderão ser obtidos com uma limpeza feita por profissional.

Passo a passo da limpeza de pele

No geral, a maior parte das clínicas seguem as mesmas etapas para a limpeza de pele, que englobam desde a higienização até a aplicação de protetor solar. Outro ponto em comum é que as sessões duram, em média, uma hora. Confira o passo a passo completo de uma boa limpeza de pele:

  • Assepsia

É a higienização da pela com loções de limpeza desengordurantes. A função da assepsia é remover cosméticos, maquiagens e até as impurezas e oleosidade mais superficiais da pele.

  • Esfoliação

Nessa etapa, são aplicados produtos com efeito abrasivo que vão gerar um afinamento da camada mais superficial da pele para facilitar a extração de cravos e espinhas. É importante que essa esfoliação seja feita de forma delicada e com movimentos suaves e circulares.

  • Extração

Geralmente, essa é a etapa da limpeza de pele mais demorada. Após a esfoliação, a pele é submetida a um vapor com ozônio por, no máximo, cinco minutos. O vapor é um ótimo bactericida e fungicida e serve para abrir os poros e dar emoliência para a pele.

Em seguida, é aplicado o vapor de água, por mais dez minutos, na pele coberta por uma fina camada de algodão embebido em emoliente. Após esse processo, os cravos e miliuns podem ser removidos com mais facilidade e sem agredir a pele.

Os cravos devem ser extraídos com os dedos e sempre com o auxílio de uma gaze médica para impedir que a pele seja machucada. Os miliuns, por sua vez, são removidos com ajuda de uma microagulha para romper a casquinha que envolve o cisto, tornando possível que o sebo seja expelido.

Já as espinhas não devem ser extraídas, pois isso deixa cicatrizes na pele e gera mais inflamação. Nenhuma das etapas deve ser dolorosa e a extração deve ser feita da forma mais delicada possível. Depois da extração, o uso de um aparelho de alta frequência é indicado para cicatrizar os pontos da pele que sofreram microlesões.

  • Massagem

O propósito da massagem durante a limpeza de pele é acalmar e auxiliar na aplicação de hidratantes. Após a extração, também é comum que sejam aplicadas compressas com loções calmantes e águas termais para diminuir a vermelhidão da pele.

  • Máscaras

Para finalizar o procedimento, é aplicada uma máscara de acordo com o tipo de pele, geralmente com a função de acalmar a pele. Essa etapa dura entre 10 e 20 minutos.

  • Protetor solar

Por fim, é aplicado um protetor solar em forma de gel ou loção e com o fator de proteção igual ou maior que 30. O filtro solar é necessário porque a pele fica mais sensível após a limpeza e mais vulnerável aos raios solares.

Cuidados para a limpeza de pele

No consultório, é importante prestar atenção se todos os produtos são de boa procedência e estão dentro do prazo de validade. Além disso, produtos manipulados, à base de ácidos ou com componentes hormonais com a orientação e supervisão de um dermatologista.

Outro ponto importante é a periodicidade do procedimento, que deve ser de acordo com o tipo de pele de cada pessoa. No geral, peles normais à secas podem passar pelo procedimento a cada dois meses, enquanto o ideal para peles oleosas é que a limpeza seja realizada mensalmente.

Já para quem tem a pele muito sensível, que fica vermelha com facilidade, com muitas espinhas ou que desenvolve alergia ou irritação facilmente, a limpeza de pele é contraindicada. O procedimento também não é recomendado para peles bronzeadas, pois o excesso de melanina pode causar manchas.

Após a limpeza de pele, é importante usar produtos com propriedades calmantes, como a água termal, nas primeiras 48 horas. Os cuidados diários, com o uso de gel de limpeza, tônico e hidratante, também devem ser mantidos normalmente. No entanto, a esfoliação só está liberada após sete dias da limpeza de pele.

A exposição ao sol, cremes oleosos e o uso de ácidos também devem ser evitados nos primeiros dois dias. Mesmo nesse período, o indicado é usar protetor solar com FPS 30, no mínimo, para evitar os danos dos raios solares. A maquiagem pode ser usada normalmente.

Veja mais:

Você pode gostar
você pode gostar também
Deixe um comentário

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More