Como acabar com as pontas ressecadas causadas pela progressiva

Que mulher não gosta de uma progressiva, não é mesmo? Descubra como acabar com as pontas ressecadas causadas pela progressiva.

0

A progressiva é sem dúvida uma excelente forma de manter os cabelos sempre cuidados e alisados, isso não tem como negar. O único problema que ela causa a nossos cabelos é o ressecamento das pontas.

O que para muitas mulheres pode ser um tormento, pois não sabem como resolver esse problema. Se estiver passando por isso fique tranquila, pois agora vou compartilhar com você a solução para isso.

3 Dicas para eliminar as pontas ressecadas após a progressiva

  1. Corte as pontas

Essa opção é a melhor, pois elimina todas aquelas pontas ressecadas, como também ajuda no visual. Deixando seu cabelo mais solta e mais leve.

Pontas ressecadas deixam nossos cabelos com aspectos de mal tratados e com um corte desajeitado, ou seja, conhecido como cabelo de vassoura. Então se você não tiver problema em cortar alguns dedos do seu cabelo, vá em frente, pois o resultado será instantâneo.

  1. Utilize reparador de pontas

Para aquelas mulheres que não curtem muito cortar o cabelo e quer dar um jeito sem precisar da tesoura, o mais indicado é a utilização de um reparador de ponta.

Dica extra: Procura comprar um reparador de pontas de qualidade, assim não correrá o risco de seu cabelo ficar com uma aparência pesada, semelhante a quando o cabelo está sujo. Um reparador de ponta de qualidade, não só vai deixar suas pontas mais tratadas como também irá dar um brilho incrível
  1. Utilize a chapinha para colocar as pontas para dentro

Se suas pontas estiverem pouco ressecadas, utilize a chapinha para modelas suas pontas para dentro, isso vai disfarçar o problema e ninguém vai perceber. Muitas mulheres fazem isso e você nem sabe.

Com essas dicas tenho certeza que seu problema com pontas ressecadas após a progressiva vai desaparecer e podendo aproveitar o máximo da sua progressiva.

Como acabar com as pontas ressecadas causadas pela progressiva
Avalie este artigo

você pode gostar também