Usar chapinha estraga o cabelo?

Alisar o cabelo sem medo e deixar os fios mais saudáveis e bonitos fica mais fácil com as dicas para melhor utilização da chapinha disponíveis abaixo.

0

A chapinha é um instrumento de beleza muito utilizado, seja em momentos específicos como ocasiões especiais, ou até mesmo no dia-a-dia.

Para alisar os cabelos e mantê-los sempre saudáveis, bonitos e brilhosos, é importante considerar algumas dicas para o uso da chapinha.

Temperatura

A estrutura dos fios de cada pessoa é diferente, e essa diferença precisa ser levada em conta na hora de alisá-los. Saber temperatura do aparelho, por exemplo, faz toda diferença para que evitar quebras.

Para cabelos finos, o indicado utilizar a chapinha em temperatura máxima de 180º. No caso de cabelos grossos, o aparelho pode ser configurado em temperatura de até 230º.

Já para cabelos que possuem química (progressiva, descoloração, entre outros), a temperatura deve ser de até 200º. Isso porque os fios com química podem quebrar mais facilmente, pois normalmente já estão fragilizados com o processo.

Dicas para o uso da chapinha

A grande dúvida que assola a maioria das pessoas que utilizam o aparelho é: chapinha estraga o cabelo? A resposta é muito simples: não, mas desde que usada de modo correto.

A dica principal é não alisar os cabelos com uma frequência muito grande. Ou seja: o excesso é o inimigo do uso de qualquer coisa.

O recomendado é que o aparelho seja utilizado com um intervalo mínimo de dois dias, evitando o ressecamento (entre outros danos) causado pela retirada da umidade dos fios.

Mas se mesmo assim a frequência de uso for grande, as sugestões abaixo vão auxiliar na manutenção de fios mais bonitos e saudáveis.

Protetor térmico: ele é um grande aliado na hoje de alisar, já que cria uma barreira protetora para os fios. Aplicar antes da chapinha garante um cabelo mais macio e protegido.

Cabelo sujo: não se deve fazer chapinha com o cabelo sujo, pois esse processo faz com ele fique mais oleoso e com aspecto grudado e sem vida. Na hora de alisar, os fios devem estar sempre limpos e secos.

Shampoo e condicionador: a preferência na hora da lavagem deve ser dada a produtos para cabelos ressecados e danificados. Esse tipo de produto auxilia na reconstrução dos fios.

Hidratação: pessoas que usam a chapinha com frequência devem manter o cabelo sempre hidratado e umectado. A dica é fazer uma hidratação e uma umectação por semana, sempre optando por produtos de boa qualidade.

A máscara ou óleo vegetal, de acordo com a opção escolhida, deve ser aplicada apenas no comprimento do cabelo, e nunca na raiz.

Muito tempo na mesma mecha: a chapinha nunca deve ficar parada na mesma mecha por muito tempo. Esse processo pode quebrar os fios, pois os deixa mais ressecados e desidratados.

O indicado é deslizar o aparelho de cima para baixo em pequenas mechas, no máximo seis vezes por mecha. Passar em uma grande quantidade de cabelo de uma só vez só leva mais tempo e faz com que o processo precise ser repetido diversas vezes.

Sérum reparador: para deixar o cabelo com mais brilho e vitalidade após o alisamento, aplique duas gotas de sérum reparador. O finalizador garante proteção e nutrição aos fios, mas desde que usado em pouca quantidade.

Passar a mão: as mãos naturalmente possuem oleosidade, então passar as mãos no cabelo após terminar de alisar é uma péssima ideia. A oleosidade se transfere para os fios e acaba com o efeito bonito do pós-alisamento. Para mexer no cabelo, a sugestão é utilizar um pente durante e após a utilização da chapinha.

Cabelo molhado: evitar ao máximo passar a chapinha em cabelos molhados deixa a estrutura dos fios mais saudável. Após a lavagem, é recomendável sempre secar antes de alisar.

Seguindo as dicas acima sobre a correta utilização da chapinha qualquer cabelo fica lindo, protegido e saudável.

Isso significa a chapinha não estraga o cabelo quando é usada corretamente,ela só deixa ele bonito, liso e pronto para brilhar.

você pode gostar também
Deixe um comentário

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More