Espinhas: Quais alimentos devem ser evitados?

Os alimentos influenciam muito no nosso orgânismo e na nossa saúde, alguns deles podem fazer com que as espinhas aumentem ainda mais e é preciso evitá-los.

0

Se tem algo que não gostamos de lidar, são com as acnes. As famosas espinhas surgem na grande maioria das vezes em nosso rosto.

As espinhas são provocadas pelo excesso de oleosidade da pele, que se combina com a presença de bactérias na camada superficial da pele e um aumento excessivo de células mortas, o que leva ao aumento da inflamação e à formação de espinhas.

Esta inflamação pode surgir por diversos motivos, desde distúrbios hormonais, estresse, puberdade e até mesmo a alimentação.
O surgimento de espinhas ao longo da vida é algo super normal para o organismo, com uma boa higiene na pele, skin care, as vezes alguns cremes específicos para acne, já resolvem a situação. Porém, se a aparição de espinha e a quantidade delas for número alto e a gravidade aumente, é preciso recorrer para tratamentos dermatológicos com indicação médica.

Pessoas que já possuem problemas com Acnes devem se atentar e manter cautela para ingestão de alguns alimentos que são prejudiciais e atrapalham na cicatrização da espinha, ou mesmo, fazem com que surjam ainda mais, veja quais são:

Chocolate

De acordo com o dermatologista José Manuel Carrasco, ele explica que “Embora alguns estudos indiquem que o chocolate pode piorar a acne se ingerido em grandes quantidades, provavelmente se deve mais ao açúcar e às gorduras que contém do que ao próprio chocolate”.

Carnes vermelhas

Não há uma relação direta entre comer carne vermelha e ter espinhas, mas alguns estudos mostraram que a carne é rica em gorduras saturadas o que pode obstruir os poros e causar ainda mais espinhas.

Bebidas Alcoólicas

Na composição do Álcool existe um ingrediente que causa alterações no sistema imunológico que favorece o surgimento das espinhas explica o dermatologista:
“É curioso, mas até foi proposto que o álcool secretado pelo suor possa atuar como nutriente para algumas espécies como a Cutibacterium Acnes, que faz parte dos microrganismos causadores da acne”.

você pode gostar também
Deixe um comentário

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More