Shampoo a Seco

Saiba ocasiões indicadas e formas de uso do shampoo a seco, tirando suas dúvidas sobre este item muito utilizado por quem tem cabelo misto.

0

Olá, meninas! Tudo bem? Aqui, no Tudo sobre Cabelos, já falamos bastante sobre a indicação do shampoo seco em determinadas situações. Hoje, trataremos um pouco mais sobre esse assunto, tirando suas dúvidas sobre quando e como utilizar esse produto adotar por muitas meninas de cabelos mistos.

Claro, o ideal é lavar os cabelos com shampoo, condicionador, quiçá, aquela máscara hidratante de ação rápida para que os fios fiquem sempre limpos e bem tratados. Mas, às vezes, a correria e o grito do despertador, em cima da hora, não nos permite fazer esse procedimento sempre que necessário.

Daí, recorremos ao chamado shampoo seco, produto  em spray que, quando borrifado nos fios, tem a capacidade de absorver a oleosidade aparente, levando embora o odor de sujeira, favorecendo a higiene e aparência das madeixas. Aliás, é um alívio para as meninas de cabelos mistos que, por vezes, são surpreendidas, mesmo com os cabelos limpos, pela raiz oleosa.

Mas, de onde vem essa capacidade instantânea de absorver a gordura? Em sua formulação, o shampoo seco contém amido de alumínio octenilsuccinato, substância que consegue absorver a gordura do cabelo. Ok, parece um salvador da pátria em muitas situações, mas, como usar sem prejudicar os fios e, assim, obter o resultado desejado?

Dúvidas quanto ao shampoo seco?

Como aplicar?

O produto deve ser aplicado em jatos curtos em direção a raiz, respeitando a distância mínima entre 10 a 15 centímetros entre o spray e a cabeça.

Para não obstruir os poros do couro cabeludo, procure aplicar os jatos de forma paralela e horizontal ao couro, e não perpendicularmente.

Passados alguns minutos da aplicação, escove os cabelos ou, se preferir, use uma toalha para poder retirar a película branca que o produto deixa na superfície dos fios.

Posso substituir o shampoo normal pelo seco?

De forma alguma! O shampoo seco é usado somente em situações emergenciais em que seja necessário melhorar a aparência dos fios reduzindo a oleosidade aparente.

O produto não faz a limpeza profunda realizada pelos produtos convencionais, portanto, não pode ser usado com frequência.

Deixar de higienizar, adequadamente, o couro cabeludo, pode trazer sérios problemas à saúde capilar, incluindo coceira, irritação, caspa, seborreia, dermatite e fungos.

Para quais usos o shampoo seco é indicado?

Como já mencionamos mais no início do post, o shampoo seco é um forte aliado para quem tem cabelos oleosos, mas, também, mistos, por equilibrar a oleosidade em todo o comprimento do fio. E, também, não há indícios de contraindicação para cabelos secos.

Outro uso no qual o produto é indicado é para encorpar o fio, deixando os cabelos mais volumosos e, levemente, perfumados (o que vai passar se não lavar os cabelos com o shampoo convencional).

Contraindicações

As principais contraindicações vão para pessoas que têm problemas com caspa ou apresenta lesões no couro cabeludo, a fim de evitar alergias ou irritações, em especial quando há escamações na pele.

Isso porque, como há a necessidade de esfregar a toalha para remover aquela parte esbranquiçada, o shampoo seco pode piorar o problema, além de possibilitar a obstrução dos poros em casos de má aplicação.

Pessoas alérgicas, também, devem ser mais cautelosas e fazer um teste para verificar se há alguma reação com o produto. O teste é fácil, basta aplicar o shampoo a seco em uma pequena parte de pele e, em seguida, aguardar por 24h.

Caso, mesmo com o teste dando negativo, haja alguma reação mediante a aplicação do produto, suspenda seu uso imediatamente.

Qual a diferença entre o shampoo seco e o talco?

Antes de existir o shampoo seco, mulheres costumavam resolver o problema da oleosidade aparente jogando um pouquinho de talco na raiz, principalmente, quando escovavam os cabelos e ainda não haviam feito a primeira lavagem.

Os dois produtos são similares quanto à função, mas, o shampoo a seco leva vantagem ao evitar o aglutinamento, ou seja, deixa menos resíduos (obstruindo menos os poros), além de ser menos propenso a causar alergias.  Até porque sua fórmula é menos agressiva que a do talco.

Abaixo, um vídeo tutorial sobre como aplicar o shampoo a seco de forma correta:

Então, é isso, pessoal! Esperamos que tenham gostado das dicas e conhecido, um pouco mais, sobre o shampoo a seco, tirando suas principais dúvidas!  Um grande beijo e até a próxima!

Shampoo a Seco
Avalie este artigo

você pode gostar também